Biologia em pauta

Estado de Emergência é decretado em MS em razão dos incêndios no Pantanal

pantanal
Foto: João Paulo Gonçalves/Corpo de Bombeiros - MT | Via G1

Assim como o governo de Mato Grosso do Sul, o governo federal reconheceu, nesta segunda-feira (14), a situação de emergência nesse estado em razão dos incêndios florestais que atingem o Pantanal.

A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União e permite que MS receba recursos federais para contenção da situação, assim como autoriza a mobilização de órgãos estaduais, a atuação de voluntários, a entrada em propriedades particulares para a prestação de socorro ou para a evacuação e, ainda, a realização de aquisições de produtos e serviços sem licitação.

De acordo com o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) do Ibama, em 2020, a estimativa é que área queimada chegue a 1,45 milhão de hectares. Essa extensão é 4 vezes maior que o tamanho somado das cidades de São Paulo (152 mil hectares) e do Rio de Janeiro (120 mil hectares).

Diante da grave situação do bioma Pantanal, que tem apenas 3,5% de seu território protegido por unidades de conservação, o CRBio-01 reitera seu posicionamento de repúdio ao enfraquecimento e desmantelamento das políticas de conservação ambiental no Brasil desde o início de 2019.

Nesse contexto, o CRBio-01 se solidariza com os Biólogos e Biólogas que têm atuado diariamente na mitigação dos danos dos incêndios sobre a fauna e flora pantaneiras e parabeniza todos os profissionais que se dedicam a essa atividade essencial para o país e para toda a sociedade.

Por meio de sua Delegacia, chefiada pelo Biólogo Dr. José Milton Longo, o CRBio-01 coloca -se à disposição dos Biólogos de MS para atender às suas necessidades neste momento de calamidade, no que se refere ao âmbito trabalhista. Contem conosco!

CRBio Digital

Serviços Online

Transparência

Anuncie