Biologia em pauta

Documentário “Coronation” retrata o início da pandemia na China

coronation

Disponível no streaming da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, o documentário “Coronation”, de Ai Weiwei, retrata os momentos iniciais da pandemia do novo Coronavírus em Wuhan, na China.

Acompanhamos médicos, enfermeiros e pessoas comuns diante da contaminação e a ação dos chineses para a contenção do vírus. De 1 de dezembro do ano passado, quando o primeiro caso foi detectado, até o estabelecimento do lockdown na China, em 23 de janeiro de 2020, um grande silêncio foi imposto aos habitantes do país sobre o potencial letal da Covid-19.

O artista plástico Ai Weiwei, um crítico do governo chinês, dirigiu remotamente o documentário. Dezenas de voluntários e integrantes de sua equipe presentes em Wuhan enviaram imagens feitas por celular, drones e outras meio para Ai Weiwei, que mora na Europa.

Depois de um grande erro de avaliação inicial, assistimos ao esforço das autoridades e equipes de saúde para impedir a propagação do vírus com a criação de protocolos até então inéditos.

“Coranation” revela os bastidores da origem de um dos principais acontecimentos da história da humanidade, um filme de interesse para todos e em particular para aqueles que trabalham com Ciência e Saúde.

O documentário tem 115 minutos e pode ser assistido no site da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo ao custo de 6 reais. Apesar de estar disponível por streaming, há um limite para o número de acessos e o portal da Mostra de Cinema informa que está vendendo os “últimos ingressos” para “Coronation”.

(Publicado em 27 de outubro de 2010)

CRBio Digital

Serviços Online

Transparência

Anuncie