Biologia em pauta

Brasileiros desenvolvem analgésico a partir de substância extraída de aranha

05 de outubro de 2018 - Uma substância extraída da hemolinfa (fluído que tem função semelhante a do sangue dos vertebrados) de uma aranha caranguejeira poderá dar origem a um analgésico para tratar dor neuropática (causada por lesões ou doença do sistema nervoso central) e atenuar problemas associadas a ela - depressão, falhas cognitivas ou de memória e atenção, por exemplo. Para saber mais, clique aqui.


Com informações do site UOL

CRBio Digital

Área do Biólogo

Transparência

Anuncie