Biologia em pauta

Aumento da relação entre javalis e morcegos-vampiros preocupa especialistas

2 de janeiro de 2017 – Um grupo de pesquisadores acaba de divulgar um estudo que indica considerável aumento na quantidade de morcegos-vampiros por conta do crescimento alarmante da população de um outro animal, o javali ou porco feral. O fenômeno está ocorrendo nos três continentes americanos, inclusive no Brasil.


Segundo a pesquisa, a medida que a população de javalis aumenta, eles se tornam uma fonte também crescente de sangue, o que desencadeia a população desses morcegos, que transmitem a raiva.


Na Mata Atlântica, cerca de 1,4% dos morcegos-vampiros apresentam o vírus da raiva. Na Amazônia Peruana, essa proporção chega a 10%. A maior preocupação dos especialistas é que os animais selvagens não são vacinados e criam um potencial elevado de disseminação da doença.


Nos últimos 12 anos, os pesquisadores usaram armadilhas fotográficas para detectar a passagem de animais. Foram coletados 10.529 fotos e vídeos de morcegos caçando javalis, gados, antas e veados-mateiros. Foram selecionados 158 eventos no Pantanal e 87 eventos na Mata Atlântica. Com base nesses eventos, os pesquisadores descobriram que a porcentagem de encontros entre morcegos e javalis é alta, chegando a 10% para as noites registradas.


A conclusão do estudo é que a invasão de javalis na Mata Atlântica e Pantanal representa uma séria ameaça, tornando-se urgente o desenvolvimento e a implementação de medidas efetivas para o controle desses animais.


Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada, Assessoria de Imprensa do CRBio-01

CRBio Digital

Serviços Online

Transparência

Anuncie