Biologia em pauta

Teste rápido para identificar o vírus da zika é aprovado pela Anvisa

08 de novembro de 2016 - Até setembro desse ano, o Brasil registrou 1,4 milhões de casos suspeitos de dengue, 236 mil casos prováveis de febre de chikungunya e 200,4 mil de zika. Um ano depois do anúncio de emergência do vírus da zika, um teste capaz de diagnosticar o vírus com mais rapidez em qualquer ambulatório acaba de ser liberado para produção pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).


O Kit Diagnóstico, como é chamado, identifica se o paciente está ou já foi infectado pelo vírus em algum momento da vida, em aproximadamente 20 minutos. A estimativa é que o teste esteja disponível na rede pública em um mês. O diagnóstico é feito com o contato de uma gota de sangue em duas tiras. Uma delas identifica infecções recentes de até duas semanas, enquanto a outra vai identificar casos mais antigos.



Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada, Assessoria de Imprensa do CRBio-01

CRBio Digital

Área do Biólogo

Transparência

Anuncie