Biologia em pauta

De volta a São Paulo após 23 anos, começou o 23º ConBio - Congresso de Biólogos

13 de dezembro de 2017 - Começou nessa quarta-feira, dia 13, o 23º ConBio – Congresso de Biólogos do CRBio-01, que este ano traz como tema “Áreas de atuação e mercado de trabalho”. Sediado em São Paulo, o que não ocorria desde 1995, quando o evento passou a percorrer cidades do interior e também por outros estados da jurisdição do CRBio-01 (Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), o evento acontece até sexta-feira, dia 15, no Instituto Biológico.


Após a cerimônia de abertura, conduzida pelo conselheiro Celso Luiz Marino, e breves discursos da representante do Instituto Biológico, Ana Eugênia de Carvalho Campos, da representante do CFBio – Conselho Federal de Biologia, Olga Yano, e do presidente do CRBio-01, Eliezer José Marques, foi dado início à programação do Congresso, com a apresentação da primeira conferência.


O papel da Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (BPBES) foi o tema abordado por Carlos Alfredo Joly, do Departamento de Biologia Vegetal, do IB-UNICAMP. A plataforma busca traçar um diagnóstico da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos no Brasil para auxiliar a tomada de decisão e a formulação de políticas públicas. Um trabalho realizado com a contribuição de profissionais de diferentes áreas de conhecimento, inclusive de Biólogos.


A respeito da participação dos Biólogos, Joly ressaltou a importância do envolvimento de jovens pesquisadores para esse trabalho. “Para os projetos a serem desenvolvidos, tem sido fundamental a participação dos jovens pesquisadores. E o engajamento maior tem vindo das Organizações Não Governamentais”, afirmou o Biólogo do Departamento de Biologia Vegetal, do IB-UNICAMP.


Logo após a apresentação de Joly, aconteceu o primeiro painel do 23º ConBio, que trouxe as experiências de Roberta Santos Pereira, do Laboratório Fleury, Renato Pereira de Souza, do Instituto Adolfo Lutz, e Euclides Matheucci Jr, da DNA Consult Genética e Biotecnologia, na atuação de cada um deles nas diferentes áreas de Diagnóstico Molecular Aplicado à Saúde.


Para o Biólogo do Instituto Adolfo Lutz, embora o mercado de trabalho nessa área esteja sempre aberto, as oportunidades de emprego são cada vez menores. “O emprego acabou. Restou o trabalho”, sentenciou Souza. “Existe um espaço muito grande para o trabalho e o empreendedorismo nessa área, a necessidade de serviço é enorme. Mas é preciso investir”, completou o Biólogo ao público presente.


“O primeiro desafio é repensar a forma de ser Biólogo. Ou mudamos o paradigma na nossa forma de ser, ou o Biólogo vai morrer. Temos que mudar de atitude ou daqui a três anos vamos voltar a discutir novamente sobre isso, sem nenhum progresso”, decretou em seguida Geraldo Guilherme José Eysink, da HC2 Gestão Ambiental, ao dar início ao segundo painel do primeiro dia do 23º ConBio, que tratou de Biologia & Produção.


Na opinião de Eysink, alguns fatores comprometem essa mudança. A ausência de padrões de qualidade para competir com o mercado externo, a falta de visão de oportunidade, a aplicação de tecnologia ainda muito empírica, a escassez de mão de obra especializada e a incapacidade de gestão de projetos e de empresas são alguns dos gargalos a serem enfrentados pelos Biólogos.


Participaram ainda do mesmo painel Wagner Cotroni Valente, da UNESP e conselheiro do CRBio-01, e Edson de Souza, da Brasmicel e também conselheiro do CRBio-01. “O Biólogo tem uma formação equivocada. Enquanto outros cursos adequam suas grades à nova realidade do mercado, o nosso continua fazendo a mesma coisa”, acrescentou Valente, ao defender que é preciso que os cursos de graduação de Ciências Biológicas também se renovem.


E antes de encerrar o primeiro dia de evento, ainda foi realizada a Sessão de Painéis, com os trabalhos científicos inscritos para concorrer ao Prêmio dra. Bertha Lange de Morretes, no Espaço de Eventos Marcia M. Rebouças, dentro do Instituto Biológico.



Fonte: Ex-Libris Comunicação Integrada, Assessoria de Imprensa do CRBio-01

CRBio Digital

Área do Biólogo

Transparência

Anuncie